SP12: Avaliação de Estratégias de Manejo de Agentes

O uso da terra no Sul da Amazônia passou por mudanças rápidas nos últimos anos, especialmente no Mato Grosso central, onde preços favoráveis da soja levaram a um desmatamento maciço e à expansão da área cultivada em terras anteriormente usadas para pasto.

O governo brasileiro tem promovido a soja como parte de seus esforços para aumentar a produção de biodiesel. Com a pavimentação da Rodovia Cuiabá-Santarém, a área cultivada com soja deve aumentar em mais 25%, o que terá efeitos diversos sobre o equilíbrio global das emissões de gases de efeito estufa (GEE), a rentabilidade dos sistemas agrícolas e a sustentabilidade de funções e serviços ecossistêmicos.

O presente projeto pretente explorar opções de adaptação do manejo da terra às mudanças climáticas, considerando a cadeia de valor da soja e o balanço geral de carbono, incluindo  potencial de mitigação através do aumento da oferta de bioenergia.

A partir de uma perspectiva agro-econômica, o projeto analisará os incentivos de empresas agrícolas voltados à adoção de estratégias de uso da terra de baixo carbono. Por fim, serão analisados trade-offs entre diferentes usos da terra e intervenções políticas em termos de rentabilidade, sustentabilidade ecológica e redução das emissões de GEE.

Para atingir estes objetivos, o projeto fará uso do software MP-MAS- sistemas de programação matemática baseados em sistemas de agentes múltiplos- desenvolvido por Berger em 1995, com base em um trabalho pioneiro de Balman. MP-MAS usa programação matemática para replicar a real tomada de decisão de agricultores e outros usuários da terra. Cada agricultor do mundo real é representado por um único agente, ou seja, a correspondência é de um para um no modelo.

O MP-MAS é espacialmente explícito e emprega uma representação de dados em células, sendo que cada uma delas corresponde a uma area de produção de um proprietário único. Sub-modelos de escoamento de água ou de crescimento de culturas agrícolas, por exemplo, poderão ser conectados a esta estrutura celular espacial. Por apresentar alta resolução, o MP-MAS tem potencial para validação e simulação interativa junto a agricultores e demais atores locais.

Recent Related Posts